Home Notícias Notícias gerais Empresas do transporte coletivo de Pato Branco se negam a negociar com o sindicato
Empresas do transporte coletivo de Pato Branco se negam a negociar com o sindicato PDF Imprimir E-mail
Sex, 05 de Agosto de 2011 09:39

Há quatro anos as empresas Transportes Coletivos LP Ltda e Transangelo Transportes Coletivos Ltda, responsáveis pelo transporte coletivo urbano de passageiros em Pato Branco, se negam a dar qualquer reajuste com aumento real aos seus trabalhadores. Na contramão das negociações coletivas realizadas em todo o Brasil e no Paraná, a empresa tem se portado de forma intransigente, desrespeitando o sindicato representante da categoria e seus próprios funcionários.

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Pato Branco (Sintropab) não admite esta situação e levou as empresas ao Ministério Público do Trabalho (MPT) para uma negociação em que foi oferecido 7,3% de aumento. O Sindicato exige que o aumento seja de 11% - que equivale a 5% de aumento real, uma vez que o salário está extramente defasado pelo acúmulo de anos sem aumento além da inflação.

Sem o consentimento do sindicato, desrespeitando o andamento das negociações que ainda não se encerraram, as empresas incluíram nas suas planilhas um aumento de 6,29% (L.P.) e 7,3% (Transangelo) valor que não corresponde nem a 1% de aumento real acima da inflação, de acordo com o INPC.

Enquanto os trabalhadores ficam sem um aumento digno, o transporte coletivo da cidade teve aumento de 10% na tarifa este ano, subindo de R$2,00 para R$2,20 - preço alto considerando-se o porte da cidade.

Caso não haja avanços nas negociações, o Sintropab ingressará com Dissídio Coletivo na Justiça do Trabalho e deverá fazer nova denúncia ao MPT.

Fonte: Fetropar

Última atualização em Sex, 05 de Agosto de 2011 10:55
 

Parceiros

fetropar-logo

isc-logo

cnttt

ncst


prefeitura_pato_branco

Divulgação

regulamnetaca-news

EMISSAO DE GUIAS

A nossa Cooperativa!

LOGO-COOPERATIVA_BANNER

Denuncie

denuncie

Galeria de imagens